segunda-feira, 4 de junho de 2007

Agenda pro Dia Mundial do Meio Ambiente (05/06)

EVENTO Nº1 - MANHÃ (9h)

O Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da UFSC, CALESA, EJESAM e NEAMB estão organizando uma caminhada até a área destinada ao futuro Jardim Botânico de Florianópolis. Esta atividade tem como objetivos:

1) Plantar mudas de árvores nativas no local do futuro jardim e com este ato apoiar o lançamento do JARDIM BOTÂNICO;
2) Alertar a população, através do plantio das árvores, a importância de ações para a redução da emissão de gases que contribuem com o aquecimento global.

Assim, convidamos toda a comunidade a participar deste ato, que será realizado no dia 05/06/2007 (terça feira). A concentração terá início às 8:30 hs em frente ao departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental (CTC - UFSC), e a caminhada às 9:00 hs.

PARTICIPE!
COMISSÃO ORGANIZADORA


EVENTO Nº2 - FINAL DA TARDE (17h)

GRANDE ATO A FAVOR DO MEIO AMBIENTE
Venha participar e lutar por nossa maior riqueza.

Local: Em frente ao Shopping Iguatemi, 17:00
Ponto de saída: UFSC (concha acústica) às 16:30

Haverá o plantio de mudas nativas às margens do Rio Sertão. Venha de verde para caracterizar nosso movimento ambientalista!

+info (post anterior)

6 comentários:

Dirce Waltrick do Amarante disse...

Por que vocês não fazem esse grande ato em favor do meio ambiente em frente a uma das muitas favelas que sobem os morros da capital? O ato teria, além da repercussão ambiental, também uma repercussão social. Embora, é claro, o local escolhido por vocês, em frente ao shopping, seja mais bonito e mais pacato.

Um abraço,
Dirce Waltrick do Amarante

Milton Sebatinni disse...

Dirce, vamos fazer assim: já que a gente já planejou na frente do Iguatemi, nós vamos lá, e você vai com a sua turma pra frente das favelas, já que você acha mais importante retirá-las. Simples né, cada um faz uma parte!

Agora o que me parece estupidez é ficar enchendo o saco com esses textinhos moralistas e não mexer essa bunda gorda da cadeira. Por que não vai fazer alguma coisa e pára de torrar o saco? De gente que só fala e não faz porra nenhuma o mundo tá cheio.

Dirce Waltrick do Amarante disse...

Prezado Milton (aliás, um anônimo a menos no site, finalmente),

Não conheço você e acredito que você também não me conheça.

Uma relação de respeito é essencial para se iniciar qualquer tipo de diálogo.

A propósito, não se trata de "encher o saco com textinhos moralistas", mas de emitir uma opinião a respeito de um tema, objetivo, parece-me, deste blog.

Acredito, apesar deste fato, que este blog não seja reacionário a ponto de partir para uma agressão antidemocrática à la Hugo Chávez.

Um abraço,
Dirce

Milton Sebatinni disse...

Já disse, se for pra dar opinião dê uma vez e pronto, as pessoas lêem. Agora ficar nesse blablabla toda hora, botando pra baixo o que outras pessoas estão se esforçando pra fazer na prática me parece inconveniente. Se você acha realmente que é mais importante tirar antes as favelas do que protestar contra os grandes empreendimentos, vai lá e organiza também tua manifestação, mas não fica menosprezando a dos outros.

Astolfo Jr disse...

O ato foi uma piada. Uma porção de freira plantando árvore. Conservadorismo puro que atrapalhou as manifestações contra o aumento da tarifa. Tenho aversão a ecologista, bando de cristãozinho afetado. Negam o conflito e querem voltar no tempo. Bastardos afetados!

alberto disse...

Existe um raciocínio que é mais ou menos assim: se vc quer chamar a atenção numa festa, seja o último a chegar e o primeiro a sair. É mais ou menos isso que o progresso (ou crescimento, ou riodejaneirização, seja lá o que for) está fazendo em Floripa. O progresso chegou tarde e fazendo estardalhaço. Às vezes tenho a impressão que ele nem ao menos foi convidado. E a festa, que sempre teve fama de animada, está cada vez mais sem graça e perigosa. Por causa da fama sempre tem alguém chegando atrasado, mas ninguém quer sair cedo.